.

quarta-feira, 4 de abril de 2012


Amar não é ter que ter sempre certeza, é aceitar que ninguém é perfeito pra ninguém. É poder ser você mesmo, e não precisar fingir. É tentar esquecer, e não conseguir fugir. Já pensei em te largar, já olhei tantas vezes pro lado. Mas quando penso em alguém, é por você que fecho os olhos. Sei que nunca fui perfeito, mas com você eu posso ser até eu mesmo, que você vai entender. Posso brincar de descobrir desenhos e nuvens. Posso contar meus pesadelos, e até minhas coisas fúteis. Posso tirar a tua roupa, posso fazer o que eu quiser. Posso perder o juízo, mas com você eu tô tranquilo. Tranquilo! Agora o que vamos fazer? Eu também não sei! Afinal, será que amar, é mesmo tudo? E se isso não é amor… o que mais pode ser? Estou aprendendo também. 
Carta de amor,Jota Quest ♫

Nenhum comentário:

Postar um comentário