.

terça-feira, 3 de abril de 2012



É você que tem nas tuas mãos   
Meu choro de mulher, tem meu ver
O meu sonhar, o que quiser
É você que é o homem meu
Meu grande amor da minha vida
É tão teu o gosto da minha mordida
É você que tem o colo que eu
Deito e descanso
É tão teu meu coração aflito e manso
É você que tem na pele a luz
Cor da coisa mais segura que eu já vi
Formar na mácula escura.
▬ Mallu Magalhães

Nenhum comentário:

Postar um comentário